As nossas pranchas são construídas com recurso a maquinaria de ponta e materiais de primeira qualidade. Uma equipa altamente qualificada e experiente trabalha diariamente para tornar a WANTED numa marca de referência para pranchas leves, responsivas e resistentes, apresentando o melhor ratio qualidade/preço do mercado.

 

AKU SHAPER

 

Equipada desde 2014 com uma AKU Shaper, a Xhapeland foi a primeira fábrica em Portugal a operar esta máquina de corte assistido por computador. A lâmina inverte a direção para cada um dos lados (até 140º em torno do blank), oferecendo um corte extremamente preciso e simétrico. 90% do shape de todas as pranchas é completado pela máquina.

 

BLOCOS

 
Utilizamos blocos de primeira qualidade da Teccel (PU) e Bennet (EPS). De elevada resistência e com vários tipos de densidade, estes blocos são a escolha diária das grandes marcas internacionais.

PU (Poliuretano): Um bloco de PU com stringer de madeira (contraplacado), tradicionalmente laminado com resina de poliéster. Ideal para uso diário, garantindo desempenho em todo o tipo de condições, tamanhos de onda e níveis de surf.

EPS (Poliestireno expandido): Um bloco de poliestireno expandido sem stringer, geralmente laminado com resina de epoxy. É tipicamente o mais leve de todos os tipos de foam usados na construção de pranchas, resultando numa prancha consideravelmente mais leve e com maior flutuação. Isto traduz-se numa maior velocidade de remada e manobrabilidade, permitindo-te usar uma prancha mais pequena. O foam de EPS também é conhecido pela sua durabilidade. Em geral torna a prancha mais resistente, duradoura e flexível. Recomendamos este material nos nossos modelos de ondas pequenas para rentabilizar as tuas surfadas em fracas condições de surf.

 

MATERIAIS

 

A fibra Aerialite é produzida nos EUA pela BGF Industries. É não-tóxica, brilhante, forte e fácil de usar, garantindo um produto final homogéneo e de excelência a nível de resistência e durabilidade.

A fibra Biaxial proporciona uma melhor relação resistência/peso, atenuando a sensação excessiva de vibração que algumas pranchas tendem a ter em determinadas condições de mar. Para pranchas mais resistentes, rápidas e responsivas.

Utilizamos resina Silmar, uma marca de referência na indústria da fabricação de pranchas. Transparente, brilhante e resistente aos UV, é uma resina fácil de trabalhar que favorece um produto final homogéneo e duradouro.

Os add-ons de carbono (patches e tiras) são aplicações destinadas a fortalecer determinadas áreas da prancha (geralmente o stringer e o tail) especialmente expostas à pressão e ao impacto. Aplicados no momento da fibragem/laminação, previnem a progressiva degradação da prancha e aumentam a sua durabilidade. A maioria dos nossos modelos leva patches de carbono na zona do rail/tail. São recomendáveis porque a área do tail é a primeira a dar de si numa prancha. Isto deve-se à pressão constante dos pés e calcanhares, criando facilmente pequenas mossas no deck durante a surfada.

 

QUILHAS

 

Trabalhamos com os sistemas de quilhas mais populares do mundo: FCSII e FUTURES.

O FCS II foi lançado em março de 2013 e desde então tornou-se rapidamente no líder mundial em sistemas de quilhas. Alguns dos melhores surfistas do mundo têm optado por este equipamento, como Adriano de Souza, Jeremy Flores, Julian Wilson, Gabriel Medina, Kolohe Andino ou Mick Fanning, entre outros.

Com características semelhantes às tradicionais quilhas fixas, a FUTURES é um sistema de quilhas de primeira qualidade e que possibilita uma decoração personalizada através da utilização de caixas de várias cores.