Um surfista como Ruben Gonzalez dispensa apresentações. Quatro títulos de campeão nacional Open (um recorde), o título de campeão europeu sub-18 e uma longa carreira no circuito mundial de qualificação falam por si. Faz parte da restritíssima lista de wildcards portugueses que derrotaram Kelly Slater em etapas do WCT, ao vencer a bateria que disputou com o norte-americano na Praia Grande em 1997. Competidor letal, Ruben é também um dos mais respeitados free surfers do país, destacando-se em qualquer sessão tubular que aconteça por essa costa fora. Aos 39 anos, continua a dar provas de mérito pelo lugar insubstituível que ocupa na história do surf nacional, destacando-se em competições especiais como o Capítulo Perfeito. Aventureiro nato, foi o grande desbravador do emblemático pico do Cabo Raso e um dos protagonistas das primeiras sessões de tow-in realizadas na Praia do Norte. Sociável e bem-humorado, com os níveis de stoke sempre no máximo, é a companhia ideal para uma surf trip, especialmente se envolver surfar ondas perfeitas num qualquer recanto oculto da costa portuguesa.